NewsletterGoogle PlusTwitter Facebook

Publicado em:
7
11/2017

Kosushi comemora 30 anos de sucesso

Restaurante investe em cardápios sazonais, que aproveitam o que há de mais saboroso e fresco em cada estação do ano.

Inaugurado em 1988 no bairro paulistano do Ipiranga, o restaurante de gastronomia japonesa Kosushi começou sua história na contramão do fluxo oriental, que se concentrava predominantemente no bairro da Liberdade. Na época, também era incomum que brasileiros sem nenhum tipo de descendência ou influência japonesa frequentassem esses estabelecimentos.

Após dois anos construindo a marca, adquirindo experiência e conquistando espaço, os sócios e idealizadores Carlos Augusto Carvalho e o também chef George Yuji Koshoj decidiram que já era hora de transferir o restaurante para o charmoso bairro do Itaim e assim escrever um novo capítulo na história.

O espaço físico está mais sofisticado, adequado ao perfil e nível de exigência dos clientes. O grande responsável pela mudança é o renomado arquiteto Arthur Casas, um dos mais respeitados nomes da arquitetura brasileira contemporânea, com importantes obras espalhadas pelo mundo inteiro. Recentemente, ele dividiu o espaço em três ambientes: bar, salão e um charmoso jardim suspenso que configura o terceiro ambiente, perfeito para happy hour.

O bar está sob o comando de Márcio Silva, um dos principais mixologistas do Brasil, e conta com uma carta de drinques exclusiva de sua autoria. É possível degustar opções exóticas e inovadoras, como o drink Hanami que leva saquê, xarope de cereja amarena, chá de hibiscos e espumante seco. Além de coquetéis clássicos e um incrível acervo de vinhos e saquês.

Uma grande aposta do restaurante é seu cardápio sazonal, que aproveita o que há de mais saboroso e fresco em cada estação do ano. No cardápio de primavera, o destaque é o Zaru Soba, uma versão fria e refrescante do prato que leva macarrão de trigo sarraceno e caldo temperado à base de ponzu, wasabi e gengibre. Os sushis e sashimis viram verdadeiras obras de arte pelas mãos do chef.

George Kosush tem 38 anos de experiência em gastronomia japonesa no Brasil e no Japão. Além de técnicas aprimoradas de cortes e manipulação de alimentos, Kosush também é muito criativo, com invenções que inspiram muitos sushiman pelo País. Os sócios provam que modernidade e tradição não só combinam, como são complementares e fundamentais para o sucesso da casa.

Fonte: Comunicação Kosushi e Primeira Página